Rússia rejeita fracasso em negociações de paz sírias

"As declarações daqueles que classificam de fracasso as duas rodadas de negociações nos deixam perplexos", indicou o Ministério russo das Relações Exteriores

Moscou – A Rússia rejeitou nesta segunda-feira o fracasso das negociações de paz em Genebra entre governo e oposição sírios, destacando a existência de progressos no âmbito humanitário.

“As declarações daqueles que classificam de fracasso as duas rodadas de negociações nos deixam perplexos”, indicou o Ministério russo das Relações Exteriores em um comunicado.

“Da nossa parte, pedimos que não se precipitem em dar essas opiniões e continuem agindo de forma construtiva, baseando-se nos aspectos positivos obtidos, em especial, no âmbito humanitário”, acrescentou.

O mediador da ONU, Lakhdar Brahimi, suspendeu no sábado as negociações de paz, lamentando a ausência de avanços.

As partes se separaram sem estabelecer uma data para a retomada das negociações.

No entanto, a Rússia destacou a existência de acordos alcançados nos últimos dias entre o Exército sírio e os rebeldes nas cidades próximas a Damasco.

Os Estados Unidos atribuíram no domingo o fracasso das negociações à postura intransigente do regime sírio.

Já o chefe da diplomacia síria, Walid Mouallem, afirmou que as negociações de Genebra não tinham fracassado, já que houve “progressos importantes”.