Rússia reconhece legitimidade do Conselho Nacional de Transição da Líbia

País confia que o CNT respeitará todos os acordos e contratos assinados entre ambos os países durante o regime de Muammar Kadafi

Moscou – A Rússia reconheceu de forma oficial o Conselho Nacional de Transição da Líbia (CNT) como autoridade legítima no país africano, declarou o Ministério das Relações Exteriores russo nesta quinta-feira.

“A Federação Russa reconhece o Conselho Nacional de Transição da Líbia como a autoridade do país e destaca seu programa de reformas, que prevê o desenvolvimento de uma nova Constituição, a realização de eleições gerais e a formação de governo”, assinala a nota publicada no site oficial da Chancelaria.

A Rússia lembra que suas relações diplomáticas com a Líbia “nunca foram interrompidas” desde seu estabelecimento, em 4 de setembro de 1955, “independentemente do Governo que havia em Trípoli”.

A Rússia confia que o CNT respeitará todos os acordos e contratos assinados entre ambos os países durante o regime de Muammar Kadafi.

“Confiamos que os acordos e outras obrigações mútuas estipuladas entre a Federação Russa e a Líbia anteriormente seguirão em vigor e continuarão a ser cumpridos”, conclui a nota da Chancelaria russa.

A Rússia participará nesta quinta-feira da conferência que realizará em Paris o Grupo de Contato da Líbia para tratar da situação no país africano.