Rússia planeja fábrica de fuzis Kalashnikov na Venezuela em 2019

Informação é da agência de notícias RIA. Ideia é usar moedas locais nos acordos de comércio exterior em vez do dólar

Reportagem publicada em 21 de agosto de 2018.

 

MOSCOU — A Rússia planeja abrir em 2019 uma unidade de produção de fuzis Kalashnikov na Venezuela, disse a empresa exportadora de armas russa Rosoboronexport nesta terça-feira, segundo a agência de notícias RIA.

Já segundo outra agência, a Interfax, a Rosoboronexport começará a exportar seu avançado sistema de defesa antimísseis S-400 à Turquia em 2019.

Os Estados Unidos têm expressado preocupação de que a implementação do sistema S-400 pela Turquia, integrante da Otan, possa colocar em risco a utilização de diversas armas fabricadas pelo país norte-americano utilizadas pelos turcos, como o caça F-35.

A Rosoboronexport informou, ainda, que utilizará moedas locais nos acordos de comércio exterior em vez do dólar, segundo a RIA.