Rússia pede aplicação de roteiro da OSCE para Ucrânia

Rússia defendeu imediata aplicação do roteiro elaborado pela OSCE para tentar resolver a crise ucraniana

Moscou – A Rússia defendeu nesta terça-feira a imediata aplicação do “roteiro” elaborado pela OSCE para tentar resolver a crise ucraniana, e que passa pelo fim da ofensiva militar do exército da Ucrânia nas regiões pró-russas.

“Consideramos especialmente importante levar para a prática o mais rápido possível o roteiro da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE). Teria um significado fundamental a disposição sobre a cessação da força”, disse em comunicado o Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

Acrescentou que isso implica “o fim imediato das represálias de Kiev no sudeste do país”.

Segundo a chancelaria russa, “é necessário desbloquear as áreas habitadas, retirar as tropas regulares e todas as outras formações militares, incluídas as forças do Setor de Direitas (ultranacionalistas ucranianos)”.

O ministério das Relações Exteriores da Rússia também exigiu autoridades de Kiev a libertação de todos “os presos políticos e que deixem de assustar a população civil com o uso da força e a ameaça de fazê-lo”.

Moscou pediu à OSCE que cobre de Kiev a total colaboração para investigar a tragédia ocorrida em Odessa em 2 de maio, quando cerca de 50 pessoas, a maioria de pró-russos, morreram em um incêndio que a Rússia acredita ter sido proposital.