Rússia lança bandeira do orgulho heterossexual

Iniciativa é do partido do presidente Vladimir Putin e foi divulgada ao público nesta semana. A internet, contudo, não perdoou e logo lançou a sua versão

São Paulo – Depois de o Facebook ter tornado o arco-íris, o símbolo máximo do orgulho LGBT, em uma febre mundo afora para homenagear a decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos que reconhece o direito ao casamento para pessoas do mesmo sexo, foi criada na Rússia uma bandeira para os heterossexuais. A informação foi divulgada pelo canal de televisão russo RT.

Segundo o veículo, a iniciativa foi do partido United Russia, que detém a maioria do parlamento no país e tem como um de seus mais famosos filiados o presidente Vladimir Putin. A bandeira foi apresentada ao público durante um evento que aconteceu nesta semana.

“Esta é a nossa resposta para o casamento de pessoas do mesmo sexo”, declarou ao RT um membro do partido. “Precisamos conter a febre gay em nosso país e apoiar os valores tradicionais”, pontuou. 

Na bandeira é ilustrada uma família composta por um homem e uma mulher, além de três crianças e, abaixo, explicou o RT, está uma hashtag em russo que significa #realfamily (família de verdade). Há três opções de cores de fundo: azul, branco e vermelho. Todas são cores que constam na bandeira nacional russa.

Veja abaixo:

Não demorou até que as redes sociais se mobilizassem contra a iniciativa do partido de Putin. Momentos depois que a notícia veio à tona, dezenas de pessoas começaram a publicar imagens que brincavam com a mensagem da bandeira, como neste tuíte.

Vale destacar que a homossexualidade não é ilegal na Rússia, conforme explicado pelo próprio presidente Putin. Contudo, em 2013, foi aprovada uma controversa lei que proíbe a “promoção de relações sexuais não tradicionais para menores”.