Rússia diz que acusação dos EUA complica negociações na Síria

Estados Unidos acusou ontem o governo sírio de estar planejando um ataque com armas químicas

Moscou – Acusações dos Estados Unidos de que o governo sírio pode estar planejando um ataque com armas químicas complicam as negociações de paz na Síria, disse o vice-ministro de Relações Exteriores da Rússia, Gennady Gatilov, nesta quarta-feira, segundo a agência de notícias RIA.

Autoridades norte-americanas disseram na terça-feira que o aviso de Washington à liderança da Síria contra a suposta preparação de um ataque com armas químicas foi baseado em dados sobre o que pareciam ser preparativos ativos em uma base aérea síria usada para um ataque do tipo em abril.

Gatilov advertiu os Estados Unidos contra tomar ações unilaterais na Síria.