Rússia alerta Tailândia para possível ataque do EI

Segundo a nota, dez sírios vinculados ao Estado Islâmico chegaram à Tailândia entre 15 e 31 de outubro

A Tailândia anunciou nesta sexta-feira que foi alertada pela Rússia para o risco de um atentado por parte do grupo Estado Islâmico (EI) contra interesses russos, em plena temporada turística no reino asiático.

Em um anota da polícia datada de 27 de novembro e revelada pelo jornal local Khaosod, um oficial de alta patente escreve: “o FSB nos alerta de um possível ataque do EI contra interesses russos na Tailândia”.

Segundo a nota, dez sírios vinculados ao Estado Islâmico chegaram à Tailândia entre 15 e 31 de outubro e teriam ido separadamente par Bangcoc, Pattaya ey huket, destinos turísticos muito frequentados.

O chefe da polícia tailandesa, Jakthip Chaikinda, disse que o documento vazado pela imprensa é autêntico e anunciou que a segurança será reforçada.

Por ora, a informação não foi confirmada pelas autoridades russas.