Rússia acusa Kiev de rejeitar diálogo real com separatistas

Rússia acusou o governo da Ucrânia de rejeitar uma negociação com os separatistas pró-Moscou do leste ucraniano

Moscou – A Rússia acusou nesta terça-feira o governo ucraniano de rejeitar uma negociação com os separatistas pró-Moscou do leste da Ucrânia e insistiu para que a questão dos direitos das regiões seja negociada antes das eleições presidenciais de 25 de maio.

“A recusa das autoridades de Kiev a um diálogo real com os representantes das regiões, especialmente do sul e leste do país, constitui um obstáculo sério no caminho da desescalada”, afirma o ministério russo das Relações Exteriores em um comunicado.

A nota pede a europeus e americanos que pressionem Kiev para que as questões constitucionais sejam solucionadas “antes da eleição prevista para 25 de maio”.