Rússia acusa EUA de promover uma “catástrofe” na Coreia do Norte

Trump anunciou na segunda-feira que voltará a colocar a Coreia do Norte em sua lista suja de "Estados que apoiam o terrorismo"

A Rússia acusou nesta quinta-feira (23) os Estados Unidos de promover uma “catástrofe” na Coreia do Norte por sua decisão de colocar o país na lista de Estados que apoiam o terrorismo.

“Ações como essa levam a situação à beira do abismo, podem acabar em uma grande catástrofe, não só em escala regional, mas em escala global”, disse a porta-voz do ministério russo das Relações Exteriores, Maria Zakharova.

A decisão dos Estados Unidos “não contribui para reduzir a tensão” na península coreana, acrescentou em uma coletiva de imprensa.

“Parece mais uma nova ação de intimidação, uma decisão midiática, quando deveríamos nos concentrar no trabalho diplomático para resolver a situação”, considerou.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou na segunda-feira que sua administração voltará a colocar a Coreia do Norte em sua lista suja de “Estados que apoiam o terrorismo” para aumentar a pressão sobre o programa nuclear do regime de Pyongyang.

O regime norte-coreano se junta a outros países como o Irã, a Síria e o Sudão.

Entre 1988 e 2008, a Coreia do Norte figurou nesta lista por seu suposto envolvimento no atentado com bomba em 1987 contra um avião sul-coreano que matou 115 pessoas.