Ruptura em represa deixa 10 desaparecidos na Turquia

Segundo operário que trabalhava na área da represa, entre 10 e 15 de seus companheiros se encontram desaparecidos após o acidente

Ancara – Pelo menos dez trabalhadores desapareceram nesta sexta-feira arrastados pelas águas após o muro de contenção de um reservatório em construção se romper na província turca de Adana, no sul do país.

Um operário que trabalhava na área da represa e que se identificou como Nouri, explicou à Agência Efe por telefone que entre 10 e 15 de seus companheiros se encontram desaparecidos após o acidente.

‘Aconteceu na hora do almoço. A maioria dos trabalhadores estava na cantina. A água se precipitou através do muro com uma força incrível e levou tudo o que havia pela frente, incluindo a maquinaria pesada’, relatou Nouri.

‘Vimos como a água arrastou cerca de dez operários. Outros amigos que foram testemunhas do acidente dizem que podem ser até 15 os que estão desaparecidos’, acrescentou o trabalhador.

O jornal ‘Hürriyet’ cita em sua edição digital o governador de Adana, Hüseyin Avni Cos, que confirmou que dez trabalhadores foram dados como desaparecidos.

Cos explicou que por causa do acidente foi necessário esvaziar com urgência os 90 milhões de metros cúbicos de água que já tinham se acumulado na represa em construção.

Os moradores dos povoados da região abaixo da represa se congregaram na área do acidente para protestar por não terem sido informados da decisão de abrir os compartimentos de embarque, o que na sua opinião supôs um risco.

Mas Cos afirmou que os moradores dos arredores estavam todos situados em níveis superiores e negou que estivessem em perigo.