Romney reforça equipe de comunicação para reagir a ataques

A contratação de Danny Diaz e Kevin Sheridan, dois republicanos de longa data, foi a última atualização da campanha

Washington – O pré-candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos Mitt Romney contratou nesta sexta-feira dois veteranos de Washington para integrar a sua equipe de comunicação depois de semanas de críticas de que ele não respondeu com força suficiente ataques do presidente democrata Barack Obama na corrida eleitoral.

A contratação de Danny Diaz e Kevin Sheridan, dois republicanos de longa data, tem o objetivo de ajudar a equipe de Romney a reagir melhor às reportagens e aos ataques democratas, segundo uma fonte de campanha.

Os incessantes ataques de Obama e de sua equipe foram sobre o cargo de Romney na empresa de capital privado Bain Capital.

Nesta sexta-feira, Romney concedeu entrevistas para três grandes redes, Fox News e CNN em resposta aos questionamentos sobre se ele estava trabalhando na Bain quando alguns empregos foram cortados.

Desde que Romney se converteu no provável candidato republicado às eleições de 6 de novembro, o político e sua campanha tiveram problemas com suas respostas a alguns dos ataques.

Em outras ocasiões, seus erros não foram forçados. O principal assessor de Romney, Eric Fehrnstrom, insinuou em março que o republicano podia suavizar as posições mais conservadoras adotadas durante as primárias para as eleições gerais contra Obama.

Kevin Madden, outro assessor de Romney, também se somou à equipe para melhorar a comunicação da campanha. Diaz trabalhou com Madden na campanha de George Bush e Dick Chenney em 2004.