Romney feliz com visita de Obama ao Afeganistão

Durante a visita de seis horas, Obama prometeu aos americanos "um novo dia", após uma década de guerra no Afeganistão

Washington – O pré-candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Mitt Romney, afirmou na noite de terça-feira que estava feliz com a visita surpresa do presidente Barack Obama ao Afeganistão.

“Estou feliz que o presidente Obama tenha retornado ao Afeganistão. Nossas tropas e o povo americano merecem ouvir nosso presidente sobre o que está em jogo nesta guerra”, afirma Romney em um comunicado.

“O êxito no Afeganistão é vital para a segurança de nossa nação”.

Romney tem criticado a política externa de Obama e seus planos de retirada do Afeganistão, com o argumento de que os talibãs precisam apenas resistir e aguardar a partida das tropas americanas.

Desta vez Romney se limitou a elogiar as tropas e manteve a tradição de não criticar o presidente quando ele está no exterior em missão oficial.

Durante a visita de seis horas, um ano depois da morte de Osama Bin Laden, Obama prometeu aos americanos “um novo dia”, após uma década de guerra no Afeganistão.

Ele assinou um acordo estratégico com o presidente afegão Hamid Karzai, que estipula as condições de uma presença de soldados americanos no país até 2024.