Rolezinho em Lisboa provoca caos e termina com detenções

Encontro de cerca de 600 jovens convocado nas redes sociais provocou desordem e acabou com a detenção de quatro adolescentes

Lisboa – Um encontro de cerca de 600 jovens convocado nas redes sociais em um centro comercial de Lisboa, mais conhecido como “rolezinho”, provocou desordem e acabou com a detenção de quatro adolescentes e seis feridos, cinco deles policiais.

Segundo informou nesta quinta-feira a Polícia de Segurança Pública (PSP) portuguesa, os incidentes ocorreram ontem no Parque das Nações, situado em uma das zonas mais prósperas da capital.

Nos distúrbios de Lisboa participaram jovens de entre 15 e 24 anos provenientes em sua maioria da área metropolitana de Lisboa.

Os participantes foram distribuídos em dois pontos do parque formando um grupo de 400 pessoas em uma zona e outro de cerca de 200 nos arredores do centro de comercial Vasco da Gama, um dos maiores em Portugal e situado no leste de Lisboa.

Várias dezenas de presentes no encontro entraram nas lojas e começaram a “correr desenfreadamente” pelos corredores provocando o caos, explicou a polícia.

Durante essa ação, um adolescente de 15 anos foi agredido com uma chave inglesa, dois jovens tentaram roubar uma menor e houve enfrentamentos entre dois grupos.

Nos anúncios colocados nas redes sociais para as convocações em Lisboa, os organizadores chamam de “meets” os encontros e vários participantes denunciam em vídeos e mensagens o racismo da polícia portuguesa.