Rohani diz que opção militar contra o Irã é uma ilusão

Opção de uma ação militar contra o Irã no caso de fracasso das negociações nucleares com as grandes potências é uma ilusão, segundo o presidente iraniano

Teerã – A opção de uma ação militar contra o Irã no caso de fracasso das negociações nucleares com as grandes potências é “uma ilusão”, afirmou nesta terça-feira o presidente iraniano Hassan Rohani, que deseja um diálogo “justo e construtivo”.

“Digo claramente aos que têm a ilusão de que existe sobre a mesa a opção de uma ameaça contra nossa nação que devem mudar de óculos, porque a opção de uma ação militar contra o Irã não está sobre nenhuma mesa do mundo”, declarou Rohani.

Nas últimas semanas, o governo dos Estados Unidos declarou que mantém a opção militar contra o polêmico programa nuclear iraniano.

Em um discurso por ocasião do 35º aniversário da revolução islâmica, Rohani afirmou que o país quer negociações “justas e construtivas”.

“O Irã está determinado a realizar negociações justas e construtivas dentro das regras internacionais. Esperamos que os demais tenham a mesma vontade”, declarou Rohani.

As negociações sobre um acordo global entre o Irã e o grupo 5+1 (China, Estados Unidos, França, Grã-Bretanha, Rússia e Alemanha) serão retomadas no dia 18 de fevereiro em Viena.

No fim de novembro, o Irã e as grandes potências anunciaram um acordo de seis meses. Teerã deve congelar algumas atividades nucleares em troca da suspensão parcial das sanções que asfixiam sua economia.