Rio+20 discute o futuro do turismo

Painel discutiu como minimizar os impactos e realçar aspectos positivos

Rio de Janeiro – O turismo é uma das maiores indústrias do planeta, uma das principais fontes de recursos em várias nações. Como minimizar seus impactos e realçar seus aspectos positivos?

O evento Green Innovation in Tourism, uma iniciativa conjunta de organizações como o PNUMA (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente) e CNC (Confederação Nacional do Comércio) discutiu essas e outras questões no auditório do Senac, na Barra da Tijuca, durante a Rio + 20.

O painel teve a participação do ministro do Turismo, Gastão Vieira, entre outras autoridades, além de especialistas de diversos países.

Uma das apresentações, chamada Travel at the Tip of Your Fingers, coube a Caco de Paula, diretor do Planeta Sustentável. Ele falou sobre as iniciativas digitais da Editora Abril na área de turismo, como os aplicativos do Guia Quatro Rodas e da Viagem e Turismo.

Ele abordou também os aplicativos do próprio Planeta Sustentável, como o Manual de Etiqueta Sustentável e a série Aves do Brasil. “Publicações em papel vão conviver com aplicativos e novos produtos digitais. No turismo, os aplicativos têm uma série de características sustentáveis, como a possibilidade de geolocalização, que poupa deslocamentos inúteis e um melhor aproveitamento da viagem”, destacou.

Caco falou também sobre a Viagem do Conhecimento, iniciativa da revista National Geographic Brasil na área de educação, que mostra a importância do turismo para o desenvolvimento do conhecimento de Geografia e História.