Reuven Rivlin, do partido Likud, será presidente de Israel

O político direitista Reuven Rivlin foi escolhido novo presidente de Israel em uma apertada eleição no parlamento (Knesset)

Jerusalém – O político direitista Reuven Rivlin, do partido Likud, foi escolhido nesta terça-feira novo presidente de Israel em uma apertada eleição no parlamento (Knesset).

Rivlin obteve 44 votos no primeiro turno, longe dos 60 necessários para uma maioria absoluta.

Na segunda rodada, ficou com 63 votos, enquanto seu adversário, o desconhecido político de centro Meir Sheetrit, obteve 53.

O membro do Likud irá substituir Shimon Peres na presidência israelense.

O segundo turno contou com a participação de 119 dos 120 deputados do parlamento e foi uma das votações mais tensas da história recente do país.

“Foi mais dramático do que esperávamos, mas no final Rivlin ganhou”, disse o ministro de Transporte, Yisrael Katz, que defendia a candidatura de seu colega de partido.

Rivlin, de 74 anos, defensor da ideologia da Grande Israel, é um veterano político do partido governante Likud, do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu. Rivlin e o chefe de governo, no entanto, brigaram em 2009.

Netanyahu só apoiou o colega de partido a partir do final de maio e, após o anúncio dos resultados, não levantou para cumprimentá-lo.

Na primeira rodada, cinco candidatos participaram da votação: três políticos, a ex-juíza do supremo Dalia Dorner e o prêmio Nobel de Química Dan Shechtman.

Rivlin, com 44 votos, e Sheetrit, com 31, passaram para o segundo turno e se especulava se o candidato conservador seria superado pelo jovem político de centro.

O novo presidente israelense, que só tem funções protocolares mas tem um grande significado no país, tomará posse em 24 de julho.