Relação de preços de etanol e gasolina acelera em SP

Para especialistas, o uso do etanol deixa de ser vantajoso em relação à gasolina quando o preço do derivado da cana-de-açúcar representa mais de 70% do valor da gasolina

São Paulo – A relação entre os preços do etanol e da gasolina acelerou em novembro ante outubro na cidade de São Paulo e está próxima a 71%, segundo dados da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), divulgados hoje. De acordo com a instituição, a relação entre o preço dos dois combustíveis passou para 70,94% no mês passado, em comparação com 70,23% em outubro. Em novembro de 2010, a relação estava em 64,79%.

“A taxa só não está acima de 70%, mas é a mais alta dos últimos quatro anos. Este ano foi ruim para o motorista que prefere abastecer o carro com etanol. Tivemos uma safra de baixa produtividade. Tanto que, em abril, a relação entre o combustível e a gasolina ficou acima de 80% (80,80%)”, observou o coordenador-adjunto do Índice de Preços ao Consumidor (IPC), Rafael Costa Lima.

Para especialistas, o uso do etanol deixa de ser vantajoso em relação à gasolina quando o preço do derivado da cana-de-açúcar representa mais de 70% do valor da gasolina. A vantagem é calculada considerando que o poder calorífico do motor a etanol é de 70% do poder dos motores a gasolina. Entre 70% e 70,50%, é considerada indiferente a utilização de gasolina ou etanol no tanque.

De acordo com a Fipe, o preço médio do etanol apresentou variação positiva de 1,52% no fechamento do IPC de novembro. A gasolina subiu menos, 0,48%. Ambos colaboraram para a inflação de 0,24% do grupo Transportes em novembro.

A alta dos combustíveis é normal neste período do ano, segundo o coordenador-adjunto do IPC. “O etanol geralmente sobe nesta época por causa da entressafra da cana”, disse.

De acordo com Costa Lima, apesar da expectativa de chegada da nova safra de cana de açúcar em meados de maio, a relação entre os dois combustíveis deve continuar elevada. “Só talvez não chegue a 80% como em abril, quando houve desabastecimento de etanol”, completou.