Reino Unido manterá tropas no Afeganistão até 2016

O anúncio foi feito depois que os EUA anunciaram que milhares de soldados posicionados no país vão permanecer mais do que o esperado

O Reino Unido vai manter até 2016 seu contingente de 450 soldados no Afeganistão, como parte de uma missão de formação, e não de combate, afirmou o ministro da Defesa, Michael Fallon, em uma declaração enviada ao parlamento nesta terça-feira.

O anúncio foi feito depois que os Estados Unidos anunciaram que milhares de soldados posicionados no país vão permanecer mais do que o esperado devido à situação da segurança.

“Tanto as decisões dos Estados Unidos quanto as nossas mostram o contínuo compromisso da Otan em treinar e assistir as forças afegãs até que estas se fortaleçam”, afirmou Fallon. “Concluímos que deveríamos manter o tamanho de nossa missão militar no país em 2016, para ajudar a construir um Afeganistão seguro e estável”, agregou.

Fallon explicou que as tropas britânicas estão encarregadas de treinar agentes afegãos, fortalecer as competências das entidades de segurança afegãs e assistir as operações da Otan em Cabul.