Reino Unido: Há “pequena probabilidade” de não haver acordo após Brexit

Bruxelas deseja acordo comercial de tarifa zero com o Reino Unido, mas rejeitou ideia de que a UE reconheceria diferentes regimes regulatórios

Londres – O secretário do Reino Unido para o Brexit, David Davis, disse nesta quinta-feira que planeja um futuro acordo comercial com a União Europeia, que não teria a imposição de tarifas e que também dependeria de cada lado, respeitando as regulamentações de outros produtos e serviços. Davis afirmou que há apenas uma “pequena probabilidade” de que os dois lados não cheguem a um acordo sobre a saída do Reino Unido do bloco.

Bruxelas apontou que deseja um acordo comercial de tarifa zero com o Reino Unido, mas rejeitou consistentemente a ideia de que a UE reconheceria diferentes regimes regulatórios para produtos e serviços estabelecidos no Reino Unido.

Durante evento do Wall Street Journal em Londres, Davis disse que “o equilíbrio que tenho de lidar é como devolver o controle ao Parlamento e, eventualmente, voltar para as pessoas… E ao mesmo tempo manter uma relação comercial com os europeus”.

Ele afirmou, ainda, que para conseguir essa harmonia, o Reino Unido favorecia um sistema em que Londres teria a capacidade de estabelecer diferentes regulamentações de produtos e serviços da UE. No entanto, em alguns setores em que o comércio entre os dois lados é importante, ambos concordariam em reconhecer as regulamentações uns dos outros e um árbitro independente resolveria quaisquer disputas. Fonte: Dow Jones Newswires.