Reino Unido e UE fecham acordo do Brexit. O que acontece agora?

O final de semana será decisivo para o Reino Unido, a União Europeia e o Brexit. Entenda o "super sábado" e o que pode acontecer daqui em diante

São Paulo – O final de semana será decisivo para o Reino Unido e a União Europeia. Neste sábado, pela primeira vez em um século, o Parlamento britânico irá se reunir para votar ou rejeitar o acordo do Brexit, fechado nesta semana pelo governo do primeiro-ministro, Boris Johnson, e o bloco. A data ficou conhecida como “super sábado”.

Embora já tenha recebido o apoio por parte dos 27 membros que irão permanecer na União Europeia no âmbito do Conselho Europeu, o acordo ainda precisa ser aprovado pelos parlamentares britânicos e também pelos parlamentares europeus.

Tudo o que você precisa saber sobre o Brexit

Em Bruxelas, a expectativa é a de que a anuência dos parlamentares é uma formalidade. Em Londres, contudo, a vida de Boris Johnson não deve ser mais fácil depois de ter conseguido formalizar o acordo com a União Europeia, já que a aprovação ainda é uma dúvida.

Na visão da consultoria Oxford Economics, a possibilidade de que o Reino Unido deixará o bloco em 31 de outubro sem um acordo de transição não pode ser totalmente descartada. No entanto, os analistas acreditam que o cenário mais provável é o pedido de uma nova extensão do prazo para a União Europeia, que deverá ser aceito pelos 27 países remanescentes.

O que acontece agora com o Reino Unido, a União Europeia e o Brexit? Veja os cenários possíveis no infográfico abaixo.