Reino Unido celebra 1,4 mil casamentos gays

Nos primeiros três meses da aprovação da lei que permite o casamento entre pessoas do mesmo sexo, foram feitos mais de 1,4 mil cerimônias no Reino Unido

Londres – Mais de 1,4 mil casais homossexuais se uniram no Reino Unido nos primeiros três meses da aprovação da lei que permite o casamento entre pessoas do mesmo sexo, informou nesta quinta-feira o Escritório Nacional de Estatísticas (ONS) britânico.

Entre os casais que se uniram legalmente entre 29 de março e 30 de junho deste na Inglaterra e em Gales, 56% eram formados por mulheres, enquanto 44% por homens.

Nos três primeiros dias desde que a lei entrou em vigor foram realizadas 95 uniões.

Em abril, foram realizadas no Reino Unido 351 uniões gays, em maio 465 e em junho 498, segundo a ONS, que detalhou que a idade média das mulheres que se casaram foi 37 anos e 38,6 entre os homens.

“A igualdade no casamento envia uma mensagem poderosa além do número de casais que se uniram perante a lei. Evidencia que as relações entre pessoas do mesmo sexo têm exatamente o mesmo afeto, compromisso e valor que os casais de sexos opostos”, disse à “BBC” Richard Lane, porta-voz da ONG Stonewall.

Lane disse, além disso, que espera que as estatísticas de casais gays perante a lei se elevem quando as cerca de 120 mil uniões de fato entre homossexuais que foram registradas desde 2005 possam se transformar em casamento, a partir do próximo dia 10 de dezembro.

O governo britânico tinha previsto que a cada ano seriam registrados, como união civil ou bem como casamento, cerca de seis mil casais do mesmo sexo no Reino Unido.

Nos primeiros três meses de 2012, o dado mais recente disponível, 1.827 casais gays decidiram registrar a união civil.

Os primeiros casamentos homossexuais na Escócia estão previstos para o outubro, enquanto a Irlanda do Norte não deve mudar sua atual lei, que não admite o casamento entre pessoas do mesmo sexo.