Rei da Malásia, o sultão Muhammad V de Kelantan, abdica

Esta é a primeira vez que um rei deste país de maioria muçulmana abdica desde sua independência da Grã-Bretanha em 1957

O rei da Malásia, o sultão Muhammad V de Kelantan, abdicou ao trono, informou o palácio real em um comunicado divulgado neste domingo (6), encerrando semanas de especulações sobre seu futuro em meio a rumores sobre seu casamento com uma ex-rainha da beleza russa.

Esta é a primeira vez que um rei deste país de maioria muçulmana abdica desde sua independência da Grã-Bretanha em 1957.

“O Palácio Nacional anuncia que sua majestade renunciou como 15º rei e que esta decisão entra em vigor em 6 de janeiro”, afirma o comunicado, que não explica as razões para a abdicação do rei de 49 anos.

A incerteza sobre o reinado de Mohamed V, que chegou ao trono em dezembro de 2016, prevalecia nas últimas semanas, desde que se ausentou da vida pública em novembro, oficialmente para tratamento médico.

Mas circularam rumores sobre seu casamento com uma ex-miss Moscou, informação que o palácio real não comentou.

A Malásia é uma monarquia constitucional eletiva na qual o trono muda de mãos a cada cinco anos entre os chefes de Estado dos nove estados monarquistas da Malásia controlados pela realeza islâmica.