Refugiado sírio mata consultor para imigrantes na Alemanha

Crime ocorreu após uma discussão entre o refugiado e um dos consultores de consulta psicológica para refugiados de Saarbrücken, na divisa com a França

Berlim – Um solicitante de asilo sírio de 27 anos matou nesta quarta-feira a facadas o assessor que lhe atendia em um escritório de consulta psicológica para refugiados da cidade de Saarbrücken, no oeste da Alemanha.

Os fatos ocorreram durante a manhã desta quarta-feira, após uma discussão entre o peticionário e um dos consultores desse escritório.

Por enquanto não foram dados detalhes sobre a possível causa do homicídio, ainda que segundo um porta-voz do centro não haja indícios que apontem para um ataque de caráter terrorista ou relacionado com o radicalismo islâmico.

O assessor morreu no local dos fatos como consequência das facadas recebidas. O agressor foi detido nas imediações do escritório onde tinha sido atendido e de onde fugiu após o ataque.