Reforma da Previdência é aprovada por deputados na Rússia

A reforma do governo Putin aumenta as idades de aposentadoria para homens e mulheres em cinco anos

Moscou – A Câmara Baixa do Parlamento russo aprovou nesta quarta-feira, 26, o projeto de lei que aumenta a idade mínima para aposentadoria, proposta considerada impopular que tem causado indignação na população. O plano do governo de Vladimir Putin aumenta as idades de aposentadoria para homens e mulheres em cinco anos e causou fúria nos blocos políticos da Rússia.

Russos mais velhos temem que não viverão tempo suficiente para receber os benefícios, enquanto as gerações mais jovens se preocupam com o emprego.

Caso os trabalhadores se mantenham ativos por mais tempo, as oportunidades de trabalho se tornarão limitadas.

A Duma votou a adoção da segunda leitura do projeto, mas a proposta ainda precisa que passar por uma terceira leitura antes de ir para o Senado – o que é considerada mera formalidade – e ser assinada pelo presidente, Vladimir Putin.