Europeus capturados na África estão vivos, diz Al Qaeda

"Gostaríamos de garantir à família e aos parentes dos reféns a segurança de seus filhos", disse o tuíte postado pelo grupo Al Qaeda no Magreb Islâmico

DACAR – Oito reféns europeus, incluindo cinco franceses, que foram capturados pelo grupo Al Qaeda no Magreb Islâmico (AQIM, na sigla em inglês) estão em segurança, disse a organização em um comunicado publicado em sua conta no Twitter neste sábado.

“Gostaríamos de garantir à família e aos parentes dos reféns a segurança de seus filhos”, disse a mensagem, postada pelo braço de mídia do AQIM.

A mensagem repetiu declarações anteriores de que o grupo iria matar os reféns se houvesse alguma nova intervenção militar francesa no norte da África, mas disse que continua aberto às negociações para libertá-los.

O grupo havia dito anteriormente que havia matado outros seis reféns.