Rede de pornografia infantil com 272 suspeitos é desbaratada na Áustria

Centenas de suspeitos foram investigados em 141 países. Operação é o maior golpe às redes de pedofilia no país

Viena – Mais de 270 suspeitos de trocar e divulgar pornografia infantil na internet estão sendo investigados na Áustria após ter sido desmantelada uma rede de pedófilos no país alpino, dentro de uma investigação internacional em 141 países, informou a Polícia.

A operação, denominada “Carole”, que durou um ano e segue em andamento, é o maior golpe às redes de pedofilia na Áustria e foi iniciada após a comprovação de que vários foros digitais eram utilizados para trocar material pornográfico envolvendo menores de idade.

Centenas de suspeitos foram investigados em 141 países, mas as autoridades não quiseram oferecer mais detalhes até uma entrevista coletiva que será realizada hoje no Ministério do Interior.

Por enquanto, as autoridades do país alpino confirmaram que 272 austríacos trocaram e divulgaram material pornográfico de menores, tendo apreendido grande quantidade de material desse tipo.

Nos últimos anos, as forças de segurança austríacas informaram de várias operações contra a pornografia infantil, como a Operação ‘Mazo’, em 2009, que se desenvolveu em 170 países e que na Áustria implicou 189 pessoas.