Rebeldes sírios se apoderam de armas da ONU em Golã

Forças da ONU tiveram de deslocar centenas de tropas para setor ocupado por Israel nas colinas do Golã, depois que rebeldes sírios avançaram para suas posições

Rebeldes sírios ligados à Al Qaeda apreenderam armas, veículos e uniformes das forças de paz das Nações Unidas nas colinas de Golã, informou o embaixador sírio Bashar Jaafari.

As forças da ONU tiveram de deslocar centenas de tropas para o setor ocupado por Israel nas colinas do Golã, depois que rebeldes sírios avançaram para suas posições.

Segundo Jaafari, combatentes da Al-Nosra conseguiram ocupar todo o lado sírio de Golã, expulsando as tropas da Força das Nações Unidas de Observação da Separação (UNDOF).

“Os terroristas usam agora os carros das Nações Unidas, que têm o emblema das forças da ONU nas colinas do Golã. Estão usando uniforme da UNDOF, armas da UNDOF, posições da UNDOF para disparar contra o exército sírio, assim como contra posições civis”, afirmou Jaafari.

O Conselho de Segurança da ONU tem previsto discutir a crise do Golã durante uma sessão nesta quarta-feira, depois que mais de 40 soldados de Fiji, da UNDOF, foram detidos durante duas semanas pela Al-Nosra.

Jaafari acusou Israel, Catar e Jordânia de estar por trás de uma “grande conspiração” para desestabilizar a Síria, permitindo aos rebeldes tomar o controle de parte do território para estabelecer uma zona segura a partir da qual seriam lançados ataques.

Desde 1974, a UNDOF controla um cessar-fogo acertado entre Israel e a Síria nas colinas de Golã.,

Israel se apoderou de 1.200 km² desta área durante a Guerra dos Seis Dias, em 1967, e depois os anexou a seu território em 1981, o que nunca foi reconhecido pela comunidade internacional.

Cerca de 510 km2 das colinas continuam no lado sírio da linha de cessar-fogo, com tropas da UNDOF supervisionando esta faixa de 70 km do Líbano no norte à Jordânia no sul.

Seis países contribuem com tropas para formar esta força de 1.200 efetivos da ONU no Golã: Fiji, Índia, Irlanda, Nepal, Holanda e Filipinas.