Rebeldes sírios derrubam avião russo e capturam piloto, diz ONG

O Observatório indicou que aviões e helicópteros militares lançaram hoje um total de 50 ataques aéreos contra Idlib

Cairo – Rebeldes sírios derrubaram neste sábado um avião de combate russo no leste da província de Idlib e capturaram seu piloto, durante uma ofensiva do exército governamental sírio, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A fonte destacou que o avião, do modelo Sukhoi, caiu perto da cidade de Saraqueb, no controlada por facções insurgentes e onde o governo sírio está efetuando uma ofensiva desde o último dia 25 de dezembro com apoio aéreo russo.

O piloto, segundo o Observatório, conseguiu saltar de paraquedas, e foi capturado vivo, embora não se saiba qual facção o mantém detido.

Até o momento, nenhuma autoridade russa se pronunciou a respeito.

O Observatório indicou que aviões e helicópteros militares lançaram hoje um total de 50 ataques aéreos contra Idlib, e que pelo menos cinco pessoas morreram em Saraqueb, uma das cidades mais importantes da província e que fica junto à estrada que conecta Alepo com a capital Damasco.

Os combates entre as tropas governamentais e seus aliados contra o Organismo de Libertação do Levante, a aliança da ex-filial da Al Qaeda, e outras facções continuam e se concentram na área de Tel Tuqan, situada 11 quilômetros ao leste de Saraqueb.

Quase toda Idlib está controlada pelo Organismo de Libertação do Levante e outras facções.