Rebeldes sírios controlam parte da fronteira com o Iraque

Uma fonte da polícia iraquiana informou que entre os postos fronteiriços nas mãos dos insurgentes está o principal de Al Bukamal e outros sete menores

Bagdá – Os rebeldes do Exército Livre Sírio (ELS) conseguiram nesta quinta-feira assumir o controle de todos os postos de fronteira com o Iraque na província de Al Anbar, em que está também uma grande parte da fronteira com a Síria, que se somam a outros dois pontos limítrofes com a Turquia.

Uma fonte da polícia iraquiana informou à Agência Efe que entre os postos fronteiriços nas mãos dos insurgentes está o principal de Al Bukamal e outros sete menores.

A informação foi confirmada pelo ”número dois” do ELS, Malek Kurdi, que da Turquia disse à Efe por telefone que as tropas governamentais sírias fugiram desses oito postos da fronteira com o Iraque.

Kurdi detalhou que a passagem fronteiriça de Bab el Haua e Bab el Salama, ambos localizados na fronteira com a Turquia, no norte da Síria, também estão sob o controle do ELS.

Por sua vez, a fonte da polícia revelou que os guardas de fronteira fecharam o lado iraquiano da passagem de Al Bukamal e retiraram os funcionários de alfândegas, enquanto as tropas se mobilizaram na região em estado de alerta máximo. Nele, os membros do ELS içaram a bandeira síria dos tempos da independência, que se transformou no símbolo da revolução.

Também é fronteiriça com a Síria a província iraquiana de Ninawa, cujos postos de controle as fontes não souberam informar por quem estão dominados.

Os insurgentes sírios começaram a controlar as fronteiras do país, em um ato decisivo na rebelião. Na quarta-feira, os rebeldes já haviam dado um passo importante ao realizarem um atentado em Damasco que causou a morte do ministro e do vice-ministro sírios de Defesa.