Rebeldes capturam base em província no leste da Síria

Segundo fontes da oposição, conquista enfraquece controle do presidente Bashar al-Assad na estratégica região que faz fronteira com o Iraque

Amã – Rebeldes sírios capturaram uma base de artilharia do Exército na província produtora de petróleo no leste do país Deir al-Zor, nesta quinta-feira, enfraquecendo o controle do presidente Bashar al-Assad na estratégica região que faz fronteira com o Iraque, informaram várias fontes da oposição.

“A base militar de Mayadeen caiu às 8h30 (4h30 do horário de Brasília)”, disse o membro do Conselho Revolucionário Militar da província, Abu Laila, à Reuters. Ele disse que 44 combatentes rebeldes foram mortos durante o cerco à base.

“Todo o interior, desde a fronteira iraquiana, e ao longo do Eufrates, até a cidade de Deir al-Zor, está sob controle dos rebeldes.” A captura da base segue a de um aeroporto militar a 80 quilômetros a sudeste da fronteira iraquiana na semana passada. Rebeldes invadiram diversas bases no norte e no centro do país, indicando uma crescente força militar, de acordo com fontes da oposição e diplomatas.

Porém, nenhuma grande cidade está nas mãos da oposição e o poder aéreo de Assad garante que o domínio dos rebeldes em muitas partes do país continue tênue. Tentativas de unificar o comando rebelde tiveram pouco progresso.

O líder tribal da província, Sheikh Nawaf al-Bashir, disse que a queda de Mayadeen deixa Assad com três grandes bases militares restantes sob seu controle na região.

A estrada principal para o Iraque, desde a periferia da cidade até a travessia da fronteira em Albu Kamal, está agora sob domínio dos rebeldes, disse.