Rajoy pede mais de meia hora de trégua aos mercados

Favorito para vencer a eleição de domingo pediu que novo governo tenha um tempo para tomar as medidas necessárias

Madri – O favorito para assumir a chefia de Governo da Espanha, o conservador Mariano Rajoy, pediu nesta sexta-feira aos mercados “mais de meia hora” de trégua para que o vencedor da votação de domingo possa atuar, em uma entrevista à rádio Onda Cero.

Ao comentar a pressão do mercado nos últimos dias sobre a dívida soberana espanhola, o líder do Partido Popular (PP) destacou que este é um “dado extremamente negativo” para os interesses da Espanha.

“Espero que isto pare, que percebam que há eleições e que os vencedores devem ter uma margem mínima que deve ser mais de meia hora”, disse Rajoy, no momento em que o país continua sob forte pressão dos mercados a dois dias das eleições.

O spread da Espanha, o diferencial pago pelos títulos da dívida a 10 anos na comparação com os bônus da Alemanha, referência na Europa, chegou a 503,5 pontos nesta sexta-feira, um novo recorde.