Rainha britânica diz ter certeza que escoceses vão se unir

Elizabeth disse ter certeza de que escoceses vão ser capazes de se unir após as divisões sobre independência

Londres – A rainha Elizabeth, da Grã-Bretanha, disse nesta sexta-feita ter certeza de que os escoceses vão ser capazes de se unir em espírito de respeito mútuo após as divisões sobre o referendo de independência.

“Para muitos na Escócia e em outras partes hoje, vai haver fortes sentimentos e emoções contraditórias –entre familiares, amigos e vizinhos”, disse ela em um raro pronunciamento.

“Isso, claro, é natural na tradição democrática robusta que desfrutamos nesse país”, acrescentou ela. “Mas eu não tenho dúvida de que essas emoções vão ser ponderadas pela compreensão dos sentimentos alheios.”

Os opositores à independência venceram o referendo sobre a permanência da Escócia no Reino Unido com 55 por cento dos votos, ante os 45 por cento dos separatistas, após uma campanha em que as paixões se exaltaram em ambos os lados.

“Agora, ao seguirmos em frente, devemos nos lembrar de que apesar das diferentes visões que temos expressado, temos em comum um amor duradouro pela Escócia, o que é um dos fatores que ajudam a unir a nós todos”, disse em comunicado.

“Conhecendo o povo da Escócia como conheço, não tenho nenhuma dúvida de que os escoceses, como outros por todo o Reino Unido, são capazes de expressar opiniões firmes antes de se unirem novamente em um espírito de respeito mútuo e suporte, para trabalhar construtivamente pelo futuro da Escócia e, de fato, de todas as partes desse país”, acrescentou.