Queda de avião militar na Argélia deixa cerca de 100 mortos

Cerca de cem pessoas morreram devido à queda de um avião de transporte militar em uma região montanhosa no leste da Argélia

Argel – Cerca de cem pessoas – 123, segundo o jornal El Khabar, e 99, de acordo com a emissora estatal de rádio – morreram nesta terça-feira devido à queda de um avião de transporte militar em uma região montanhosa da província de Oum El Bouaghi, no leste da Argélia.

Segundo a emissora, entre as vítimas há passageiros e membros da tripulação. Já uma fonte militar informou à Agência Efe que o avião caiu em uma área montanhosa, não habitada e de difícil acesso, e acrescentou que nas próximas horas o Ministério da Defesa publicará um comunicado quando for confirmado o número de vítimas.

O chefe de comunicação da região militar do leste da Argélia, o coronel Lahmani Buguern, declarou à agência oficial argelina “APS” que no avião, um Hércules C-130, viajavam 103 pessoas, (99 passageiros e quatro tripulantes).

O oficial explicou que o avião havia decolado na província de Tamanraset, no sul, e se dirigia a Constantina, principal cidade do nordeste da Argélia, quando caiu em uma região situada no monte Fertas.

Segundo seu relato, os primeiros dados primeiras apontam que o acidente ocorreu quando a aeronave se preparava para aterrissar em meio ao mau tempo.