Quatro corpos são encontrados perto de Donetsk, na Ucrânia

Não é possível identificar quem são as vítimas, como foram mortas e quem as levou para o local

Donetsk – Quatro corpos foram encontrados em um terreno baldio perto de Donetsk, no leste da Ucrânia, informou a imprensa russa, que acusa os militares ucranianos de terem torturado e assassinado civis.

Kiev rejeita as acusações categoricamente.

Segundo o canal russo NTV, rebeldes encontraram os corpos de três mulheres e de um homem perto do vilarejo de Kommunar, ao leste do reduto rebelde de Donetsk.

As imagens exibidas pela TV não permitem distinguir corpos, apenas a cabeça, sem corpo, de uma mulher.

Não é possível identificar quem são as vítimas, como foram mortas e quem as levou para o local.

Em Kiev, o porta-voz militar Andriï Lyssenko criticou “uma provocação bem planejada, mas não muito elaborada” dos separatistas. Em um comunicado, o Exército negou qualquer envolvimento nas mortes e denunciou “um novo exemplo de desinformação da imprensa russa”.

Em um comunicado, a Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE) indicou ter ido ao local após um aviso da “polícia militar” da “República Popular de Donetsk”, uma das entidades pró-russas autoproclamadas.

Os observadores da OSCE informaram ter visto quatro corpos em decomposição, mas não quiseram se pronunciar sobre os aspectos médico-legais da descoberta.