Putin presenteia Chávez com um “cão de Stalin”

Terrier russo negro é uma raça criada pelo exército russo após a Segunda Guerra Mundial

Moscou – A imprensa russa ironizava nesta sexta-feira o presente do presidente Vladimir Putin a seu colega venezuelano, Hugo Chávez, um cachorro terrier russo negro, uma raça também conhecida como “cão de Stalin”.

Este cachorro de três meses foi um presente do presidente da empresa russa Rosneft, Igor Sechin, ligado a Putin, que visita a Venezuela.

“Putin presenteou Chávez com um ‘cão de Stalin'”, afirma o jornal popular Komsomolskaia Pravda.

Segundo a agência de notícias russa Ria Novosti, o terrier russo negro é uma raça produzida pelos criadeiros do exército russo depois da Segunda Guerra Mundial, com o cruzamento de várias raças, incluindo o Rottweiler.

A agência acrescenta que a raça é conhecida como “cão de Stalin” porque o ditador soviético havia “ordenado que os terriers russos fossem criados para vigiar os detentos dos campos da Sibéria”.

A explicação foi desmentida pelo especialista Egueni Rozenberg, entrevistado pelo jornal Moskovski Komsomolets.

“Esta raça não tem nada a ver com Stalin. Se alguns a chamam de ‘cão de Stalin’ ou ‘cão da KGB’ é para fazer publicidade”, explicou o especialista russo.

“Mas é possível que a KGB (o serviço de inteligência soviético) tenha utilizado esta raça, entre outras”, completou.