Putin ganhará eleições com dois terços dos votos, diz pesquisa

O maior mistério em relação às eleições russas não é o resultado, mas o que ocorrerá com o chefe do Kremlin em 2024

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, conseguirá se reeleger nas eleições de 18 de março com dois terços dos votos, segundo uma pesquisa divulgada neste domingo pelo Centro de Estudos da Opinião Pública (VTSIOM).

De acordo com a pesquisa, entre 69 e 73% dos russos estão dispostos a apoiar a permanência no poder de Putin, que concorre ao seu quarto mandato presidencial.

Como a Constituição russa impede mais de dois mandatos consecutivos, Putin, de 65 anos, deixou o Kremlin em 2008 e foi escolhido como primeiro-ministro, mas quatro anos depois voltou à presidência.

Alguns candidatos opositores consideram que Putin violou a Constituição ao retornar ao Kremlin e agora volta a fazê-lo, mas o Tribunal Supremo aprovou sua inscrição.

Em segundo lugar nas intenções de voto aparece o empresário comunista Pavel Grudinin, com 7%, seguido pelo líder ultranacionalista Vladimir Zhirinovski, com 6%.

A grande esperança da oposição extraparlamentar, a jornalista Ksenia Sobchak, conta com o apoio de 2% dos eleitores, e os outros quatro candidatos beiram 1%.

O maior mistério em relação às eleições russas não é o resultado, mas o que ocorrerá com o chefe do Kremlin em 2024, quando Putin terá 71 anos. O presidente russo garantiu à rede de televisão americana “NBC” que não reformará a Constituição, ao contrário do líder chinês Xi Jinping, que poderá permanecer no poder depois de 2023 após a reforma aprovada hoje pelo legislativo do gigante asiático. EFE