Putin elogia Trump, “líder absoluto” da corrida presidencial

Putin destacou declaração de Trump de que quer passar a outro nível as relações com a Rússia

Moscou – O presidente russo, Vladimir Putin, elogiou nesta quinta-feira o político americano Donald Trump, que foi qualificado de pessoa “muito brilhante” e “líder absoluto” na corrida presidencial republicana nos Estados Unidos.

“É uma pessoa muito brilhante e de talento, sem dúvida alguma. Não é assunto nosso destacar suas qualidades, mas é o líder absoluto na corrida presidencial”, afirmou Putin em sua grande entrevista coletiva anual.

Putin destacou que “Trump diz que quer passar a outro nível as relações com a Rússia, para relações mais sólidas e profundas”.

“Por acaso podemos não elogiar isto? Naturalmente, nós o cumprimentamos”, disse.

Ao mesmo tempo, Putin se negou avaliar o fato de Trump usar uma infinidade de argumentos para aumentar sua popularidade entre os eleitores, como quando propôs proibir a entrada de muçulmanos em seu país.

“Em relação ao novo presidente americano, primeiro é preciso entender quem será. Em qualquer caso, seja quem for, estamos dispostos e queremos desenvolver nossa relação com os Estados Unidos. Estamos abertos e trabalharemos com qualquer presidente que o povo americano escolher”, apontou.

Putin destacou que a visita nesta semana a Moscou do secretário de Estado americano, John Kerry, demonstra que os “EUA estão dispostos a avançar para as decisões conjuntas naqueles assuntos que só podem ser solucionados de maneira coletiva”.

Putin manteve uma boa relação com o anterior presidente republicano, George W.Bush, especialmente depois dos atentados de 11 de setembro de 2011.

Por outro lado, desde que Putin retornou ao Kremlin em 2012, suas relações foram especialmente frias com o atual chefe da Casa Branca, Barack Obama, que não escondeu que preferia que o atual primeiro-ministro, Dmitri Medvedev, se mantivesse como líder.