“Putin é um concorrente, não um inimigo”, diz Trump

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, vai falar com o líder russo Vladimir Putin sobre interferência russa na eleição presidencial

O presidente americano, Donald Trump, prometeu nesta quinta-feira que abordará com seu colega russo, Vladimir Putin, as acusações de interferência russa na eleição presidencial dos Estados Unidos em 2016, durante sua reunião em Helsinque nesta segunda-feira.

“Perguntaremos sobre a Síria, perguntarei sobre a interferência, a pergunta favorita de vocês”, disse Trump aos jornalistas em uma entrevista coletiva após a reunião de cúpula da Otan.

“Putin é um concorrente, não um inimigo”, completou Trump.