Putin diz que fim do mundo ocorrerá em 4,5 bilhões de anos

Segundo o presidente russo, esse é o tempo que o sol levará para apagar

Moscou – O presidente russo, Vladimir Putin, afirmou nesta sexta-feira que o fim do mundo irá ocorrer em 4,5 bilhões de anos, e não no dia 21 de dezembro, porque “é o funcionamento de nosso sol”.

No entanto, disse que não tem medo do momento no qual “o reator se apagará e tudo terá terminado”. “Por que ter medo se é inevitável?”, declarou o presidente russo.

A América Central e o México celebram no dia 21 de dezembro o fim de uma grande era no calendário maia (que os cientistas situam por volta de 23 de dezembro), um acontecimento que alguns associam com o fim do mundo.