Putin anuncia criação de Guarda Nacional

Putin não especificou quantos efetivos farão parte da nova guarda ou em que data será implementada

O presidente russo, Vladimir Putin, anunciou nesta terça-feira a criação de uma Guarda Nacional para lutar contra “o terrorismo e o crime organizado”, como parte de uma reorganização do ministério do Interior.

Putin informou em uma entrevista televisionada com o ministro do Interior, Vladimir Kolokoltsev, que a nova guarda também vai incorporar policiais e unidades de elite.

“A crise econômica continua e pode levar a uma crise social”, disse Konstantin Kalachev, diretor de consultoria Political Expert Group, com sede em Moscou.

“Isto implica um reforço das forças de segurança, que devem se preparar para o pior”, disse ele.

Putin não especificou quantos efetivos farão parte da nova guarda ou em que data será implementada.

O presidente russo alertou em fevereiro que as forças de segurança deveriam permanecer vigilantes, num momento em que “inimigos estrangeiros” tentavam perturbar as próximas eleições parlamentares de setembro.