Protestos pós-eleição resultam em 141 detenções na França

Durante a campanha presidencial no país, diversos grupos também protestaram contra a candidata de extrema-direita, Marine Le Pen

Paris – A polícia francesa deteve 141 pessoas em Paris após confronto com manifestantes depois do resultado da eleição de domingo, 7, que elegeu o centrista Emmanuel Macron à presidência da França.

Durante a campanha presidencial no país europeu, diversos grupos organizaram mobilizações também contra a candidata de extrema-direita, Marine Le Pen.

Protestos violentos contra os dois candidatos à presidência foram incitados por grupos anarquistas e de extrema-esquerda, que rejeitam Macron por seu relacionamento estreito com o mercado e Le Pen por causa da imagem racista de seu partido, a Frente Nacional.