Promotoria pede mais 12 anos de prisão para ex-presidente sul-coreana

Park Geun-hye foi condenada em abril a 24 anos de prisão por tráfico de influência que montou com Choi Soon-sil, conhecida como a "Rasputina"

Seul – A Promotoria da Coreia do Sul pediu nesta quinta-feira uma pena de 12 anos de prisão para a ex-presidente do país Park Geun-hye, que está cumprindo pena devido a um escândalo de corrupção, por outro caso de suposto financiamento ilegal.

A ex-presidente, de 66 anos, foi condenada em abril a 24 anos de prisão pela trama de tráfico de influência que montou com sua amiga Choi Soon-sil, conhecida como a “Rasputina”, caso que previamente tinha causado a cassação do seu mandato.

Park está sendo também julgada por ter recebido supostamente suborno do Serviço Nacional de Inteligência (NIS, na sigla em inglês) durante seu mandato, um caso pelo qual a Promotoria apresentou acusações, além disso, contra um ex-assessor da presidente e um diretor do citado organismo.

A acusação sustenta que o NIS pagou ao escritório da presidente cerca de 4 bilhões de wons entre 2013 e 2016, pelo que reivindica para ela mais 12 anos de prisão e uma multa de 8 bilhões de wons.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s