Promessa do Irã de desafiar EUA é “perturbadora”, diz Kerry

O aiatolá Ali Khamenei disse a apoiadores no sábado que as políticas dos EUA na região eram "180 graus" opostas ao Irã

Dubai – O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, disse que o discurso do líder supremo iraniano, aiatolá Ali Khamenei, no sábado, prometendo desafiar as políticas dos Estados Unidos na região apesar do acordo do Irã com potências mundiais sobre o programa nuclear iraniano é “muito perturbadora”.

“Eu não sei como interpretar isso neste momento, exceto considerando o valor de face, que essa é a política dele”, disse Kerry em entrevista à emissora de TV árabe Al Arabiya, que teve partes veiculadas pela rede neste terça-feira.

“Mas eu sei que muitas vezes são feitos comentários ao público e as coisas podem evoluir de modo diferentes. Se essa é a política, é muito perturbador, é muito preocupante”, acrescentou.

O aiatolá Khamenei disse a apoiadores no sábado que as políticas dos EUA na região eram “180 graus” opostas ao Irã, em um discurso numa mesquita de Teerã pontuado por gritos de “Morte à América” e “Morte a Israel”.

“Mesmo após esse acordo, nossos políticas com relação aos arrogantes Estados Unidos não vão mudar”, disse Khamenei, referindo-se ao acordo do Irã com as potências por uma redução em seu programa nuclear em troca de alívios em sanções.