Professor dispara arma, faz teto cair e fere aluno nos EUA

Homem, treinado no uso de armas de fogo, estava apontando para o teto no momento do disparo, o que derrubou parte da estrutura

Washington – Um professor disparou acidentalmente sua arma em uma escola da Califórnia e acabou ferindo um aluno que encontrava-se na sala de aula na qual aconteceu o incidente, segundo informaram nesta quarta-feira meios de comunicação locais.

O professor, que também faz parte da reserva policial, disparou por engano sua arma ontem diante de um grupo de estudantes enquanto dava uma palestra sobre segurança pública no Instituto Seaside, no Condado de Monterrey, na Califórnia.

O homem, treinado no uso de armas de fogo, estava apontando para o teto no momento do disparo, o que acabou derrubando parte da estrutura e provocou lesões em um aluno, que não corre risco de morte.

Embora o tipo de arma não tenha sido detalhado, a polícia de Seaside afirmou ao jornal local “Monterey County Weekly” que o aluno foi “atingido no pescoço por escombros e fragmentos de algo que tinha sobre a cabeça” e descartou que fosse a bala.

O pai do menor, Fermin Gonzales, disse à emissora local “KSBW” que ele entendia que os destroços tinham atingido seu filho e que o movimento do professor com a arma se devia ao fato de que tentava comprovar que estava descarregada.

“É a coisa mais louca. Poderia ter sido muito ruim”, comentou o pai, que disse ter se informado do incidente quando seu filho chegou em casa com sangue na sua camiseta e ferimentos no pescoço.

O autor do disparo é professor de Matemática e, além disso, participa como docente em um curso de segurança da Administração de Justiça e já foi suspenso pelo colégio e pela polícia de Sand City enquanto investigam o caso.

O acidente aconteceu na terça-feira passada, em pleno debate sobre a necessidade de um maior controle no acesso e uso das armas de fogo, no qual o presidente Donald Trump introduziu a proposta de armar alguns professores nos centros educativos após o massacre em um colégio da Flórida.