Produção industrial sobe 0,4% na zona do euro

Expansão da Alemanha e da Itália foi contrabalanceada por crises na produtividade da Irlanda e da Grécia

Londres – A produção industrial na zona do euro cresceu menos que o esperado em fevereiro, com a expansão na Alemanha e na Itália sendo contrabalançada pela contração na Irlanda e na Grécia. Segundo informou hoje a agência de estatísticas da União Europeia, a Eurostat, a produção industrial da região subiu 0,4% em fevereiro ante janeiro e avançou 7,3% em comparação com fevereiro do ano passado. A zona do euro reúne os 17 países que utilizam o euro como moeda.

Economistas previam um crescimento mensal de 0,8% e anual de 7,9%. Os dados de janeiro foram revisados para baixo pela Eurostat, para mostrar aumento de 0,2% ante dezembro e de 6,3% em relação a janeiro de 2010.

Em base mensal, a produção industrial cresceu 1,4% em fevereiro ante janeiro na Alemanha e na Itália e 0,4% na França. Por outro lado, houve queda de 2,5% e 1,0% na produção da Irlanda e da Grécia, respectivamente. As informações são da Dow Jones.