Produção industrial da zona do euro tem retração em março

Queda foi causada por menor atividade em bens de capital, energia e bens de consumo não duráveis

Bruxelas – A produção industrial da zona do euro contrariou as expectativas do mercado e caiu em março, em razão de uma menor atividade em bens de capital, energia e bens de consumo não duráveis.

A agência de estatísticas Eurostat disse nesta quinta-feira que a queda foi de 0,2 por cento sobre fevereiro. Em relação a março de 2010, houve expansão de 5,3 por cento.

Economistas consultados pela Reuters previam uma alta mês a mês de 0,3 por cento e um ganho anual de 6,2 por cento.

O dado de fevereiro foi revisto para cima, para alta de 0,6 por cento ante leitura preliminar de 0,4 por cento. A elevação anual foi revista de 7,3 para 7,7 por cento.