Pró-russos anunciam retirada de artilharia pesada de Donetsk

Anúncio foi feito em meio à incerteza sobre a data da próxima rodada de negociações de paz entre as partes beligerantes no conflito

Moscou – A autoproclamada República Popular de Donetsk, no leste da Ucrânia, anunciou nesta quinta-feira a retirada de sua artilharia pesada do sul da região, depois da entrada em vigor na terça-feira de uma nova trégua estipulada entre Kiev e os separatistas.

“Os insurgentes começaram a retirar as unidades de artilharia de calibre superior a 100 milímetros do sul da república”, afirmou o vice-presidente do Governo local, Denis Pushilin, à agência russa “Interfax”.

O anúncio foi feito em meio à incerteza sobre a data da próxima rodada de negociações de paz entre as partes beligerantes no conflito – que se prolonga desde abril -, que deve acontecer com a mediação da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (Osce) e da Rússia, em Minsk, capital de Belarus.

Os separatistas insistem em fixar as consultas para amanhã, dia 12, mas não há nada estipulado.

Enquanto isso, o ex-presidente da Ucrânia Leonid Kuchma, representante de Kiev nessas conversas, afirmou que por enquanto “não vê sentido” em realizar a próxima rodada das negociações.

Apesar de várias denúncias sobre violação da nova trégua por parte dos lados em conflito, a intensidade das escaramuças entre os separatistas e Kiev diminuiu desde terça-feira.