Príncipe Harry e Meghan pedem registro comercial da marca Sussex Royal

O pedido de marca abrange uma ampla gama de produtos e serviços, de livros a roupas e campanhas educacionais e de caridade

O príncipe britânico Harry e sua esposa, Meghan, apresentaram uma solicitação para registrar o nome de sua fundação de caridade, Sussex Royal, como uma marca comercial, de acordo com um documento publicado no site do Escritório de Propriedade Intelectual.

Harry e Meghan, duque e duquesa de Sussex, estabeleceram sua própria fundação este ano, apartando-se do canal filantrópico de dez anos Royal Foundation que eles compartilhavam com o irmão mais velho de Harry, príncipe William, e a esposa Kate.

O pedido de marca abrange uma ampla gama de produtos e serviços, de livros a roupas e campanhas educacionais e de caridade.

O Escritório de Propriedade Intelectual informou que o pedido foi apresentado por Sussex Royal, Fundação do Duque e Duquesa de Sussex, em junho, e publicado em 20 de dezembro.

O príncipe de 35 anos é neto da rainha Elizabeth e sexto na linha sucessória do trono.