Veja as principais datas do pontificado de Bento XVI

Bento XVI sucede João Paulo II desde 19 de abril de 2005

Cidade do Vaticano – Veja as principais datas do pontificado de Bento XVI:

2005

19 de abril: O cardeal alemão Joseph Alois Ratzinger, prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, 78 anos, eleito papa, sucede João Paulo II.

13 de maio: Bento XVI lança o processo de beatificação de João Paulo II (concluído em 1º maio de 2011).

18-21 agosto: Preside em Colônia sua primeira Jornada Mundial da Juventude (JMJ).

2006

25 de janeiro: Publicação da primeira encíclica, “Deus é amor”, seguida por “Salvação pela esperança”, em novembro de 2007, e “A caridade na verdade”, em julho de 2009.

25-28 maio: Peregrinação ao campo de extermino de Auschwitz-Birkenau (Polônia).


9-14 setembro: Início de uma polêmica no mundo muçulmano após um discurso ligando o Islã à violência na universidade de Ratisbonne (Alemanha). No dia 17, apresenta suas desculpas aos muçulmanos.

2007

13 de abril: Publicação do primeiro volume de sua obra “Jesus de Nazaré”. Os dois outros foram publicados em 2011 e 2012.

9-13 de maio: Vem ao Brasil para dar início à 5ª Conferência Geral do Episcopado Latino-americano e do Caribe.

2008

15 de abril: Encontro nos Estados Unidos com vítimas de pedofilia. Ele repete este gesto na Austrália, em julho de 2008, no Vaticano, em abril de 2009 e em Malta, em abril de 2010.


2009

24 de janeiro: Retira as excomunhões de quatro bispos fundamentalistas nomeados pelo arcebispo Lefebvre, entre eles o britânico Richard Williamson condenado ao ostracismo por suas recentes declarações negando a existência do Holocausto.

17-23 de março: A caminho da África (Camarões e Angola), o Papa critica a distribuição de preservativos que, segundo ele, não podem resolver o problema da Aids.

8-16 de maio: Visita a Jordânia, Israel e os Territórios palestinos. Faz um apelo por um Estado palestino e denuncia o antissemitismo.

2010

17 de janeiro: Na sinagoga de Roma, ressalta que Pio XII salvou judeus “de maneira discreta”.

16-19 de setembro: Primeira visita de Estado de um Papa ao Reino Unido desde o cisma anglicana de 1534. Bento XVI beatifica o cardeal Henry Newmann.


2011

16 de maio: Diretiva sobre a pedofilia pedindo que os padres acusados sejam levados à Justiça.

14 de setembro: a Santa Sé propõe aos integristas uma reintegração se aprovarem um “preâmbulo doutrinal” contendo os fundamentos doutrinários da Igreja, entre eles o Vaticano II.

2012

28 de março: Em visita à Cuba, o Papa pede respeito às “liberdades fundamentais” e condena o embargo americano.

2 de julho: Nomeação de um novo guardião do dogma no Vaticano, arcebispo Gerhard Ludwig Müller, criticado por suas posições muito conservadoras.

29 de setembro: Ex-mordomo do Papa, Paolo Gabriele, é acusado de “roubo agravado” de documentos confidenciais – o escândalo do Vatileaks. Foi condenado a um ano e meio de prisão, mas recebeu indulto papal em 22 de dezembro.

12 de dezembro: Papa lança com sua nova conta no Twitter seus primeiros tweets “urbi et orbi”.

2013

11 de fevereiro: Bento XVI anuncia renuncia a partir de 28 de fevereiro invocando idade.