Presidente Obama parte em sua última viagem oficial ao exterior

Obama irá primeiro à Grécia, onde ele visitará o Partenon e conversará com os líderes do país

O presidente americano, Barack Obama, partiu na noite desta segunda-feira em sua última viagem oficial ao exterior, uma missão de despedida que o levará à Europa e a uma cúpula com líderes da região Ásia-Pacífico destinada a reassegurar aliados preocupados com a eleição de Donald Trump.

Obama irá primeiro à Grécia, onde ele visitará o Partenon e conversará com os líderes do país. Dali, o presidente seguirá para a Alemanha, onde manterá reuniões importantes com a chanceler alemã, Angela Merkel, de longe uma de suas parceiras estrangeiras mais próximas.

Ele também se reunirá com o presidente francês, François Hollande, a primeira-ministra britânica, Theresa May, e com o premiê italiano, Matteo Renzi.

A segurança será rigorosa no centro de Atenas, com a mobilização de milhares de policiais nas ruas, com o objetivo de controlar manifestações de funcionários públicos e grupos de esquerda, que planejam protestar contra a visita do presidente.

Obama encerrará a viagem com uma escala no Peru, onde participará de uma cúpula do Fórum de Cooperação Ásia-Pacífico (Apec). Entre os líderes com os quais Obama deve se reunir está o presidente chinês, Xi Jinping.

A crise na Síria e na Ucrânia, assim como os combates ao grupo Estado Islâmico, estarão na agenda.